Suas escolhas no e-commerce dependem do seu negócio!

Nesses dias questionaram minha opinião com relação a uma determinada plataforma de e-commerce. A resposta imediata foi: Qual o contexto e as necessidades do seu negócio? Pois é, a coisa não é tão simples quanto parece! Temos que olhar para o negócio e em que ponto ele se encontra! Existem N fornecedores que podem te ajudar a comercializar seu produto ou serviço em canais web, mas, você que é dono do negócio, sabe a quem recorrer para suprir as necessidades? Indo além, você sabe quais são as necessidades?

A falta de conhecimento e planejamento na hora de iniciar um negócio virtual levam a escolhas erradas, ou pelo menos, escolhas não tão assertivas quanto se investe em um mercado onde o que mais se escuta é “o custo é menor quando se coloca uma loja virtual”. O custo até pode ser menor (em qualquer negócio), se bem investido desde o início. E para isto, precisa-se de conhecimento do negócio, do mercado e possuir uma visão ampla do seu negócio dentro deste mercado.

Podemos listar algumas considerações bastante relevantes que devem ser planejadas no negócio quando se pensa em e-commerce:

  • Budget: Quanto você possui para investir em uma estrutura virtual de e-commerce? Existem algumas ferramentas onde você até pode começar de forma gratuita, mas o que chamo de “coeficiente de viração” deve ser grande. Ou seja, o “faça você mesmo” tem que rolar ou você chama alguém para ajudar na implementação (alguém com conhecimento). Quando o investimento é maior, existem ferramentas ótimas que podem te ajudar a alavancar o negócio. Além disso, você poderá contratar profissionais competentes e até mesmo formar uma equipe.
  • Conhecimento: Buscar conhecimento a respeito do mercado que quer se inserir é um ponto fundamental, mas acima de tudo, saber como o seu negócio se “encaixa” neste mercado. O assunto do momento (apesar da crise e acredito que também por causa dela), é que o e-commerce está crescendo de forma espantosa. Mas, você possui conhecimento deste mercado? Ainda é vendida a ideia de que qualquer negócio pode ser vendido através da web, e concordo! Mas, para isto existe toda uma operação específica do mercado de ecommerce que você precisa conhecer para que tenha sucesso. Vá atrás de informação e transforme isto em conhecimento, ou, procure alguém que te ajude a fazer isto! Consolide este conhecimento, participe de fóruns, eventos, meetups, grupos de Facebook, o que for, mas busque conhecimento e se pergunte se isto serve para o seu negócio;
    • Seu concorrente pode utilizar uma certa estratégia que nem sempre pode ser a melhor para o seu negócio. Não entre na onda e olhe para o seu negócio! Se ele está fazendo assim, o que eu vou fazer para me diferenciar? A internet está cheia de negócios “caixinha”, mas o que realmente chama a atenção é a diferenciação!
    • Seus clientes irão ajudar você a definir muitas das coisas que você precisa, mas, para isto, você precisa saber quem são! Descreva a “persona” ou o “público alvo” do seu negócio;
    • Seu fornecedor está preparado para que o seu negócio de e-commerce? A preparação para determinados períodos de pico de vendas deve ser prevista com antecedência (como em qualquer negócio). De onde seu produto será despachado? Seu negócio tem somente um CD? O custo de entrega para o cliente que compra do outro lado do país vale a pena?
    • A definição do seu cliente vai lhe ajudar também, é saber em quais canais seu negócio vai rodar. Esta definição faz uma diferença enorme na hora de escolher seus fornecedores no e-commerce. Infelizmente o mercado está cheio de negócios mal posicionados neste sentido apesar da quantidade de informação. Por isso ir atrás de conhecimento para saber onde seu produto deve ser vendido é fundamental!
  • Produto/Serviço: Definir seu produto ou serviço e como ofertar ele na web é fator crítico de sucesso. Algumas demandas devem ser planejadas e colocadas na ponta do lápis:
    • Como eu chego ao valor do meu produto? Lembre-se que no e-commerce você terá outras despesas que devem ser levadas em consideração na formação do preço;
    • Meu estoque estará posicionado onde? Ter mais de um CD é vantagem? Quando vai custar para meu cliente o frete de onde estou até onde ele está?
    • Quando falamos de conteúdo estamos falando da apresentação do seu produto para pessoas que não poderão tocá-lo! O conteúdo pode englobar fotos, textos, imagens ilustrativas, vídeos e, qualquer coisa que ajude seu cliente a ter uma ideia mais realista do que está comprando.
  • Operação: assim como em qualquer outro negócio, o desenho de um processo operacional vai lhe ajudar na estruturação e levantamento de necessidades. Sair para o mercado procurando fornecedores sem ter um desenho de como o negócio deve funcionar operacionalmente é arriscado. Este fluxo deve conter todas as fases desde a chegada ou fabricação do produto até sua preparação para despacho. Com isto será possível estimar esforço, necessidades, regras e quem vai fazer o que.
  • Sistemas: O conhecimento de todos os fatores levantados anteriormente neste artigo (budget, produto/serviço, mercado, canais, operação, …) lhe ajudarão a ter uma visão ampla do negócio e do mercado! Com estas informações é possível se chegar aos sistemas corretos para o seu negócio e, principalmente, como eles devem se integrar (o “ctrl C ctrl V” é fantástico, mas operacionalmente falando, um desastre!). O levantamento do cenário atual e o planejamento do seu negócio lhe darão mais subsídios para selecionar as melhores opções no mercado.  Pondere a segurança! Independente de você possuir um gateway de pagamento que possui certificado, seu cliente deverá inserir seus dados pessoais na sua loja.
  • Marketing: O fato do seu produto/serviço estarem expostos na internet não garante que será achado e quem dirá comprado! O planejamento do marketing é fundamental para o sucesso do seu negócio. Não é somente uma ação isolada que você terá que realizar, mas sim considerar fatores dentro de um contexto (canais, datas, objetivos, ações, …).

As necessidades do mercado de e-commerce são específicas e técnicas e, para isto você deverá conhecer pelo menos parte do que este mercado tem a oferecer para tomar uma decisão coerente e alinhada à sua necessidade ou, encontrar alguém que lhe ajude com isso.

Sim, o mercado de e-commerce continua em crescimento e ainda existem muitas oportunidades para serem trabalhadas, mas para começar com o “pé direito”, é preciso pesquisa, planejamento e conhecimento do que você quer para seu negócio e o que mercado tem a lhe oferecer!

 

Artigo publicado na revista do E-commerce Brasil (edição impressa):

https://www.ecommercebrasil.com.br/revista/o-e-commerce-conquistou-industria/#wrapper-content

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *